Entrega gratuita em todos os pedidos, exceto máscaras

Fechar pesquisa

O que estás à procura?

Estamos a menos de 10 dias do Natal, aquela altura do ano em que damos um upgrade aos nossos looks de maquilhagem e apostamos em cores vibrantes, glitter, texturas luminosas e reluzentes, brilhos e batons arrojados. Soa a diversão, mas isso também significa que vamos produzir uma quantidade extra de desperdício. A não ser que mude alguns hábitos. Continue a ler para descobrir 4 dicas para tornar os seus looks de festa um pouco mais eco-friendly.

Use glitter biodegradável

Sem dúvida que a vai ajudar a criar os looks de maquilhagem mais extraordinários, mas o glitter convencional tem um lado negro. Assim que o descartamos, o glitter tradicional não passa de minúsculas partículas plásticas que ficarão no nosso ecossistema (são precisos centenas de anos para se decompor), tendo assim um impacto altamente negativo nos solos, sistemas aquáticos e vida marinha. É por isso que deve sempre optar pela sua versão biodegradável. Tão brilhante quando a convencional, a versão bio é feita de celulose proveniente do eucalipto, uma das árvores que mais rapidamente cresce e existe em maior quantidade no planeta, e chega-nos em embalagens livres de plástico. Vai poder brilhar tanto quanto um diamante, mas sem uma ‘partícula’ de culpa.

Na dúvida pergunte à PETA

Embora seja fácil ignorá-lo para algumas pessoas, a indústria da cosmética continua a aproveitar-se dos animais: são usados insetos para produzir carmim (um pigmento vermelho utilizado para produzir batons, sombra de olhos e blush); é usada cera de abelha para produzir máscaras de pestanas e a lista de marcas que testa os seus produtos em animais (de coelhos a ratazanas e ratos) ainda é comprida, tudo para garantir que esses produtos são seguros para uso humano. Felizmente, o interesse crescente pela crise climática trouxe-nos uma grande quantidade de marcas sustentáveis e zero waste – mas nem todas são 100% fiáveis, não enquanto o greenwashing continuar a ser tão difícil de identificar. Mas a PETA pode ajudar e tem uma base de dados online onde compila uma lista de empresas de beleza que não testam produtos em animais. Sempre que esteja a investigar uma marca, basta clicar aqui e descobrir se pode ou não confiar nos seus produtos. Estão incluídas nesta base de dados mais de 4000 marcas de beleza cruelty-free, o que significa que não tem mesmo desculpa para ser “verde” quando o assunto é maquilhagem.

Opte por pincéis de maquilhagem vegan

Nem tudo é sobre produtos, mas também sobre as ferramentas certas. Sabemos que a palavra sintético pode soar mal, mas no que toca a pincéis de maquilhagem pode confiar que a palavra representa algo benéfico. Diversas marcas de beleza ainda utilizam cerdas de pelo verdadeiro (do esquilo ao vison, sem esquecer o pónei ou bode, o céu é o limite), mas isso não significa que o seu produto seja melhor. Os pincéis de maquilhagem vegan com fibras sintéticas são tão eficazes, profissionais e suaves e podem ajudar a recriar os looks de maquilhagem mais espetaculares sem envolver um único pelo animal. Para além disso, são muito mais fáceis de encontrar, têm preços mais acessíveis e são seguros para a pele (as alergias ao pelo animal são comuns). Precisamos de dizer mais alguma coisa?

Procure inspiração no Instagram

A comunidade de bloggers e digital influencers sustentáveis está a ficar maior a cada dia que passa e o Instagram é a plataforma perfeita para encontrar inspiração diária. No que toca a clean beauty e sem desperdício, é impossível não mencionar o nome de Lauren Singer, a fundadora do blog Trash is for Tossers. No Instagram com o mesmo nome, poderá encontrar tudo aquilo que precisa de saber para viver uma vida sem desperdício, incluindo dicas para looks de maquilhagem com apenas três produtos ou receitas para fazer os seus próprios essenciais. Se prefere algo mais girly, @organicbunny, aka Amanda, está numa missão para provar que a beleza orgânica pode ser tão glamorosa quanto a beleza convencional, enquanto partilha os seus looks de maquilhagem, inspiração para unhas e as suas marcas de beleza orgânicas favoritas. A isto chamamos real influencing.

Créditos de imagem: Mattias Björklund for Chanel Beauty

Dezembro 16th, 2019Springkode